Oklahoma

Forte tornado mata 51 pessoas em Oklahoma, nos Estados Unidos

O fenômeno devastou várias quadras no subúrbio de Oklahoma City, destruindo centenas de casas e duas escolas. Até o momento, o número de mortes chega a 51

Washington – Um potente tornado, com ventos de mais de 320 quilômetros por hora, arrasou uma área no subúrbio de Oklahoma City, deixando 51 mortos, informaram as autoridades estaduais na noite desta segunda-feira.

Pelo menos duas escolas foram atingidas, e quarteirões inteiros de casas, destruídos.

O número de mortos anunciado pelo gabinete de Medicina Legal de Oklahoma foi divulgado pelas principais emissoras de televisão americanas, e deve aumentar nas próximas horas, enquanto os socorristas vasculham os escombros de centenas de casas e prédios.

“Nossos primeiros socorristas já foram enviados”, disse o prefeito de Oklahoma City, Mick Cornett, à rede CNN, garantindo que “o Estado, a Guarda Nacional serão envolvidos”.

Repórteres da KFOR-TV contaram ter visto crianças, aparentemente perto dos nove anos de idade, sendo “arrancadas” da escola em Moore, uma comunidade residencial de cerca de 55 mil habitantes, ao sul da capital. Os pais estão sendo mantidos à distância enquanto as equipes de resgate lutam para encontrar vítimas sob os escombros.

Uma outra escola, chamada Briarwood, também foi atingida, mas ainda não há um número confirmado de vítimas. Segundo informes preliminares, muitos estudantes sobreviveram.

Sobrevoando a área de helicóptero, as câmeras da KFOR capturaram cenas de destruição em Moore, com carros empilhados e casas destelhadas.

A comunicação foi interrompida, e as tubulações de gás ficaram expostas, deflagrando incêndios localizados. O Centro Médico de Moore foi evacuado, e todos os pacientes, transferidos para outros hospitais, disse uma porta-voz da instituição à CNN.

Segundo a rede News.9, abrigos de emergência foram instalados em Oklahoma City, em especial em igrejas.

Detectores de tempestade previam que o tornado, que atingiu a região no meio da tarde, teria um diâmetro de 3,2 quilômetros. Ele se dissipou rapidamente e voltou a se recuperar na direção oeste, ameaçando a cidade de Meeker.

“Prevemos que essas tempestades continuarão a se formar em torno de Oklahoma,” disse a governadora Mary Fallin à CNN, enquanto o Serviço Meteorológico Nacional fazia um apelo à população para que procurasse abrigo.

No Twitter, o Serviço Meteorológico Nacional atribuiu a classificação preliminar EF-4 ao tornado, o que indica ventos de 267 a 322 km/h – mais severo do que um furacão na categoria cinco.

No centro de Oklahoma City, as sirenes de alerta soaram pelo menos três vezes na tarde desta segunda-feira, e a auto-estrada interestadual 35 – uma importante artéria no coração da América – teve seu acesso liberado apenas para veículos de emergência.

Em Moore, imagens ao vivo transmitidas pela KFOR mostravam pessoas acenando por cima dos escombros, e dois cavalos sobreviventes soltos.

O tornado desta segunda seguiu mais ou menos a mesma trilha leste-oeste de um outro registrado em maio de 1999, no qual 44 pessoas morreram, centenas ficaram feridas e mais de mil casas foram destruídas em Moore e no sul de Oklahoma City.

Em geral, os tornados atingem as planícies de Oklahoma. O fato de ter castigado uma populosa área urbana faz temer que o número de vítimas seja bem maior. Além disso, por causa do solo endurecido, poucas casas são construídas com porão, onde os moradores costumam procurar abrigo nessas situações.

Oklahoma City se encontra dentro do chamado “Vale do Tornado”, que vai da Dakota do Sul até o centro do Texas, região particularmente vulnerável. Na última quinta-feira, dez tornados passaram pelo Texas, matando pelo menos seis pessoas, e ferindo dezenas.

No domingo, um poderoso sistema de tempestade deslizou pelo Meio-Oeste americano, espalhando tornados por Iowa, Kansas e Oklahoma. De acordo com a imprensa local, casas foram destruídas, e pelo menos duas pessoas morreram.

Em Shawnee, um tornado alcançou um grupo de casas pré-fabricadas, deixando pelo menos um morto, segundo a FOX TV.

Ontem, a governadora Mary declarou estado de emergência em 16 condados de Oklahoma, devido aos tornados, fortes tempestades e inundações ao longo do fim de semana.

Em Washington, um oficial da Casa Branca disse que o presidente Barack Obama está recebendo atualizações “assim que as informações chegam do terreno” e informou que a Agência Federal de Gestão de Emergências (Fema, na sigla em inglês) está de prontidão para oferecer ajuda.

“O governo continua a fazer um apelo a todos aqueles nas áreas afetadas, ou potencialmente afetadas, que sigam as instruções das autoridades locais e estaduais, enquanto esse clima severo continuar”, acrescentou o mesmo oficial, segundo o site correiobraziliense.

Adicionado pelo blog o mundo oculto.

Esta entrada foi publicada em Urgente. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s