Rio de Janeiro

Bombeiros tentam conter incêndio em depósito de combustíveis no RJ

Chamas atingem depósito na Rodovia Rio-Teresópolis, em Caxias, por volta das 12h30, grande explosão fez incêndio se espalhar para casas.

Incêndio atinge depósito na Rodovia Rio-Teresópolis, em Caxias (Foto: Reprodução / TV Globo).

Um incêndio de grandes proporções atinge um depósito de combustíveis e lubrificantes da Petrogold, próximo à Rodovia Rio-Teresópolis, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, nesta quinta-feira (23). O fogo, que começou por volta das 11h, se espalhou por todo o quarteirão, consumindo casas vizinhas após explosão às 12h30. Às 13h, bombeiros de cinco grupamentos  seguiam no combate às chamas. Não há informações de feridos.

Uma área de aproximadamente quatro quarteirões ao redor do depósito foi isolada, de acordo com a Defesa Civil do Rio de Janeiro.

Os bombeiros acionaram quatro  quartéis (Caxias, Nova Iguaçu, Irajá e Caju), além de uma brigada especial, o Grupamento de Combate de Produtos Perigosos.

Além de várias residências, na região há, pelo menos, uma escola municipal.

Por volta das 12h, as chamas podiam ser vistas a quilômetros de distância e assustavam os moradores da Vila Maria Helena.

Os bombeiros informaram que a área era resfriada por volta das 12h20 para que as chamas não se alastrassem. O combate ao fogo propriamente dito, no entando, só deve começar após o combustível armazenado ser consumido. Segundo a Defesa Civil estadual, a área foi esvaziada pela Defesa Civil de Duque de Caxias.

Sem feridos
“Não temos notícia ainda de ninguém ferido, nosso grupo de quartéis está trabalhando junto com o Grupamento de Perigos, com Caxias, Nova Iguaçu, Irajá e Caju, porque havia risco real de explosão. Fizemos um trabalho para retirar a população, inclusive daqueles com dificuldade de locomoção e a possibilidade de explosão no tanque é real. O combustível é uma quantidade muito grande que está queimando e o trabalho dos bombeiros tem que ser com muito cuidado e de sua auto-preservação também”, declarou o coronel dos Bombeiros Jerri Pires ao RJTV.

Segundo o coronel, existe possibilidade de rompimento e espalhamento de combustível. “Se esse tanque se romper, com certeza esse fogo vai atingir algum bombeiro militar que esteja muito próximo. O trabalho é de isolamento e evitar o máximo possível o alastramento”, declarou o coronel dos bombeiros ao RJTV.

“Estamos trabalhando no esfriamento das casas no redor, para evitar que o fogo se alastre pelo quarteirão. Não temos informação ainda se tinha algum funcionário trabalhando. Foi feita evacuação das casas nos arredores e existe risco de um rompimento de outros tonéis”, acrescentou o oficial.

Explosões
Gustavo Cunha Melo, especialista em gerenciamento de risco, disse à Globo News que para não ter uma multiplicação do incêndio, é recomendável o esfriamento da área ao redor dos tanques de combustíveis. Ele explicou ainda que as explosões ocorrem por causa da queima do combustível.

Incêndio atinge depósito na Rio-Teresópolis, altura de Duque de Caxias (Foto: Reprodução/ TV Globo).

Fumaça pode ser vista a quilômetros de distância (Foto: Reprodução / TV Globo).

Site G1.

Adicionado pelo blog o mundo oculto.

Esta entrada foi publicada em Urgente. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s