Cidade subterrânea

‘Cidade subterrânea’ em mina de sal tem cafeteria, sinuca, Wi-Fi e museu

Ambiente aberto ao público a 160 metros de profundidade fica na Romênia, acredita-se que o ar ionizado do local ajude a tratar doenças respiratórias.

Turistas jogam badminton na Mina de Sal de Praid, na Romênia (Foto: Reuters/Radu Sigheti).

Um ambiente com museu, cafeteria, mesas de sinuca, livraria, internet sem fio, espaço para shows, área para a prática de esportes, capela e bar de degustação de vinhos – tudo isso 160 metros abaixo da terra.

Essa “cidade subterrânea” fica na Mina de Sal de Praid, na Romênia, situada 350 km ao norte da capital, Bucareste.

Com depósitos de sal de mais de 500 anos de idade, a mina tem uma área aberta ao turismo que é muito procurada por pessoas que têm problemas respiratórios como bronquite e asma.

Monge lê ao lado de pequena capela dentro da mina (Foto: Reuters/Radu Sigheti).

Acredita-se que o ar do ambiente, altamente ionizado e com uma pressão atmosférica maior que a da superfície, contribua para o tratamento dos sintomas.

Os tratamentos são feitos sob supervisão de uma equipe médica que atende no local e organiza programas de ginástica e exercícios respiratórios indicados para cada doença. Segundo eles, os bons resultados são conseguidos após no mínimo 28 dias, com quatro horas diárias de exposição ao ar salino.

Turista usa laptop em ambiente com Wi-Fi dentro da mina (Foto: Reuters/Radu Sigheti).

A chegada à área turística da Mina de Praid é feita de ônibus, por um túnel de 1.500 metros. Depois, é preciso descer por uma escada íngreme de 300 degraus.

No verão, estima-se que cerca de 2.500 a 3.000 pessoas visitem o local diariamente. São organizadas apresentações artísticas e musicais, assim como cerimônias religiosas católicas, ortodoxas e protestantes três vezes por semana.

A temperatura lá em baixo é constante e fica entre os 14°C e 16°C.

Mulher caminha no chão salgado (Foto: Reuters/Radu Sigheti).

Nos arredores da mina, é possível nadar em piscinas de água natural salgada e tomar banhos termais em estabelecimentos especializados, segundo o site G1.

Adicionado pelo blog o mundo oculto.

Esta entrada foi publicada em Mundo a fora. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s